Lâmpada Mágica: Realize três sonhos do aniversariante através da colaboração de seus convidados, de forma prática e online.

Lampada Magica

Menu


O Fantástico Mundo da Festa Infantil, em casa!

Blog da Lâmpada Mágica



O Fantástico Mundo da Festa Infantil, em casa!

Blog da Lâmpada Mágica

Retornar ao blog

O Fantástico Mundo da Festa Infantil, em casa!
Postado por Nathália Leite em Junho 21, 2018

Esse é o primeiro texto que escrevo para a Lâmpada Mágica. Fiquei super feliz com o convite, já que sou mãe, decoradora de festas infantis e adoro uma família reunida!

Logo após um bate papo com os fundadores, Marcus e Márcio, sugeri que abordássemos sobre o universo das comemorações infantis dos aniversários em casa! E nada mais delicioso do que uma festa com muito bolo, doces, brincadeiras e amor e , não é mesmo?

Agora pare um pouco e pense: De todas as recordações de aniversário na infância, qual foi o melhor?

Posso afirmar aqui que a maioria das pessoas vai tirar essa recordação afetiva da “Caixinha de Melhores Momentos da Vida”. Vão se lembrar daquele aniversário onde foram todos os seus melhores amigos da infância, onde a comemoração foi recheada de muitas brincadeiras no quintal, pátio do prédio, parque ou em qualquer lugar que não tivesse nenhum brinquedo construído! Brinquedo mesmo, somente aqueles desconstruídos, para deixar a imaginação fluir e a brincadeira se tornar mais divertida! Essas eram as melhores festas infantis, sem muito excesso material. Parece até que criança já nasce sabendo a importância da presença, o que vamos perdendo a medida em que o mundo vai exigindo que trabalhemos bastante para pagarmos nossas contas e darmos o melhor para os nossos filhos, enquanto, na verdade, o que eles querem mesmo é a gente por perto!

Houve um tempo em que a festa infantil era um evento de mobilização da família inteira por, pelo menos, três dias! Uma verdadeira reunião familiar, onde a avó fazia o bolo, enquanto a tia enrolava os doces, e nesse contexto, aproveitavam para conversar sobre o pé de jabuticaba do quintal que estava todo florido! Dali há uma semana ia ter jabuticaba para fazerem a receita da geleia da bisa! Enquanto a “prosa” fluía na cozinha e as crianças brincavam no quintal fazendo uma guerra de goiaba podre que cataram pelo pomar! Coisa de criança! =)

Quando chegava o dia da comemoração, a mesa do bolo tinha mais que enfeites! Nela tinha amor de todas as formas e cores: em forma de brigadeiro, em forma de olho de sogra (que eu, particularmente, não entendo esse amor que põe ameixa num docinho tão gostoso! Rs.) e esse era o ápice da festa. Por detrás do bolo e em cima de um banquinho, o aniversariante se sentia amado. Mais uma vez posso afirmar que ele nem lembrou dos presentes que ganhou! Na verdade, ele só queria cantar o “Parabéns” para comer os doces e voltar para a brincadeira.

Infelizmente, algumas coisas vão se perdendo, e esse modelo de festa em casa caiu em desuso por muito tempo! Acredito que pela rotina descontrolada que o mercado exige dos pais, pelo cansaço acumulado, pelo pouco tempo disponível para os filhos, ou mesmo por influência do mundo globalizado, que nos faz acreditar que sempre precisamos de mais e mais!

As mídias voltadas para as crianças são agressivas de tal ponto a fazer com que elas acreditem que, se não tiverem determinado brinquedo (que todos da escola já tem), elas não serão felizes! A felicidade está totalmente vinculada ao brinquedo mostrado 500 vezes por dia, naquele canal de desenhos super educativos que o seu filho assiste todos os dias!

Com todos esses excessos nos cercando, vieram os mega salões de festas! Locais extremamente preparados para proporcionar a festa dos sonhos (dos pais)! Essas festas se tornaram mais impessoais, padronizadas e as relações mais distantes. Ah! Muito importante frisar aqui que, até euzinha já utilizei desses espaços! Foi ótimo chegar num local como convidada, e sair sem carregar um pacote de presentes, contudo meu objetivo com este texto é mostrar que o amor e a presença são mais importantes do que qualquer presente ou festa!

Mas como dizem: “É na dificuldade que surgem as oportunidades!” E essa crise vivida por todos no nosso país trouxe algo de positivo: a volta das festinhas em casa ou, pelo menos, com cara de festinha no quintal! Além disso, estamos vivendo um momento de percepção do que é importante e saudável para nós! Momento de reconstrução de relações familiares, afetivas e valorização de quem nos quer e nos tem por perto!

E de tudo isso que foi escrito, saiba que não há nada mais importante para uma criança, do que alguém que brinque com ela, seja adulto ou criança. Porque o que fica na memória é o amor que a gente leva!

Nathália Leite
Blogger e Proprietária da Villa Anfi
www.lampadamagica.me



1 Comentários
Por favor conecte-se para comentar.
Marcus Succar Junho 22, 2018

Muito legal poder ver suas histórias aqui no Blog, Nathália.
Parabéns pela linda história!


Inscreva-se em nosso blog e receba novidades!